Fan Page | Edimar Santos

quinta-feira, 2 de julho de 2015

ENTREGA DE COBERTORES NESTA SEXTA-FEIRA EM SANTA CECILIA DO PAVÃO

foto ilustrativa
O PROVOPAR ESTADUAL COM A CAMPANHA ESPALHE CALOR, VAI ENTREGAR 1.500 COBERTORES NESTA SEXTA-FEIRA AS 14h00 NO CENTRO COMUNITÁRIO DO BAIRRO DA FRATERNIDADE EM SANTA CECILIA DO PAVAO.

O EVENTO ORGANIZADO PELO PRESIDENTE DO BAIRRO EDVARDE JOSE DE SANTANA, TAMBÉM CONTARÁ COM A PRESENÇA DO EX-PREFEITO EDIMAR SANTOS QUE ATUALMENTE TRABALHA NA LIDERANÇA DO GOVERNO.

IMPORTANTE - OS COBERTORES SERAO PARA ATENDER TODO O MUNICÍPIO, ASSIM TODAS AS FAMÍLIAS DA CIDADE E DA ZONA RURAL DE SANTA CECILIA DO PAVÃO VÃO RECEBER OS COBERTORES NO CENTRO COMUNITÁRIO DO BAIRRO DA FRATERNIDADE.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Romanelli e Beto Richa na entrega de ambulâncias

Beto Richa e Romanelli
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), acompanhou nesta quarta (01), em Curitiba, os prefeitos de Bandeirantes, Celso Silva (PDT), Sapopema, Gimerson de Souza (PT), e São José da Boa Vista, Pedro Sergio Kronéis (PSDB), na entrega de ambulâncias para Samu e Siate pelo governador Beto Richa.

O evento ocorreu no Palácio Iguaçu e, ao todo, o governador Beto Richa assinou a liberação de 137 ambulâncias para mais de 100 municípios . Cada ambulância custou aos cofres públicos R$ 93,8 mil, o que totaliza investimentos de R$ 12,8 milhões.

“A saúde é sem dúvida uma das prioridades do governo do Paraná. Com as medidas que aprovamos no primeiro semestre na Assembleia Legislativa essa área fundamental receberá ainda mais investimentos, principalmente os municípios de pequeno porte, que precisam ainda mais da ajuda do governo”, disse Romanelli.

Os prefeitos destacaram a importância dos equipamentos para o atendimento à saúde na região. “Com a ambulância garantimos mais mais conforto e segurança para os pacientes que fazem tratamento em outras cidades”, disse Gimerson de Souza, de Sapopema, pensamento compartilhado pelo prefeito de São José da Boa Vista, Pedro Sergio Kronéis. “Com mais esta ambulância conseguimos um atendimento rápido e eficiente”. “É um importante recurso obtido através desta parceria que temos com o Romanelli que representa diversas pautas do município junto ao governo”, completa o prefeito de Bandeirantes, Celso Silva.

“Estamos investindo vigorosamente em saúde pública para melhorar as condições de atendimento à população do Paraná”, afirmou Richa. “Estas novas ambulâncias oferecem as condições para que os municípios, consórcios de saúde, hospitais, Samu e Siate garantam qualidade e agilidade no atendimento dos pacientes”, lembrou o governador Beto Richa.
Prefeito Celso Silva de Bandeirantes e Romanelli

Prefeito Sergio de São José da boa Vista e Romanelli

Prefeito Gimerson de Sapopema e Romanelli

Prefeito Zé Maria de Santa Cruz do Monte Castelo e Romanelli

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Câmara aprova contas de 2008 por unanimidade do Ex-prefeito Edimar Santos

A Câmara Municipal de Santa Cecília do Pavão realizou sessão especial na última segunda-feira (22), para julgamento da prestação de contas do exercício financeiro de 2008 de responsabilidade do ex-prefeito EDIMAR APARECIDO PEREIRA DOS SANTOS. 

Após notificação foi apresentada defesa por escrito e oral pelo ex-prefeito Edimar Santos e Advogado Dr. Julio Bittencourt, que com os devidos tramites regimentais, as contas do exercício de 2008 foram analisadas e submetida a julgamento com votação secreta pelos vereadores, onde TODOS OS VOTOS foram pela APROVAÇÃO das contas de 2008, votação por unanimidade.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Santa Cecília do Pavão vai receber 2000 cobertores do Provopar

 Na companhia dos vereadores Joselito da Luz (PMDB) e Mauro Miyamoto (PSDB), o ex-prefeito Edimar Santos, de Santa Cecília do Pavão, esteve no Provopar com a presidente Carlise Kwiatikowski. Também participou do encontro o presidente da Associação de Moradores do Bairro da Fraternidade, Edvarde José de Santana. 

Conforme pedido feito por aquelas lideranças, o município será contemplado com dois mil cobertores para distribuição aos moradores da cidade e zona rural, por meio da associação do Bairro da Fraternidade.

A distribuição acontece em 2 ou 3 de julho, na sede da entidade em Santa Cecília do Pavão, em local e horário ainda ser definidos.

Evento semelhante deve acontecer também em Nova América da Colina, Nova Santa Bárbara, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira e Sapopema.

Emenda de Romanelli destina equipamentos para a saúde em Rancho Alegre

O município de Rancho Alegre, no Norte Pioneiro, terá mais dois equipamentos para o atendimento da saúde. Uma emenda do deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB) destinou uma van e um ônibus que poderão ser utilizados, entre outras ações, para o transporte dos cidadãos entre os centros de especialidades que tratam doenças que não são atendidas na cidade.

“São dois veículos que vão garantir mais conforto e segurança no transporte de pacientes que precisam realizar consultas, exames e tratamento especializado fora de Rancho Alegre”, disse Romanelli.

O prefeito Edson Dominciano Corrêa destacou que a relação de respeito e parceria com o mandato é fundamental. “Só temos a agradecer, pois esta parceria possibilita que o município obtenha os recursos para investimentos em várias áreas e nos serviços que a população mais precisa”, pontou. 

O valor dos equipamentos chega a R$ 300 mil e foram disponibilizados através do Programa de Apoio aos Municípios (PAM), programa da Assembleia Legislativa do Paraná que devolve à população paranaense recursos obtidos através de ações de economia e austeridade para obras nas mais diversas áreas.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Depois da morte de José Rico, Milionário e Marciano estariam formando nova dupla

Estava rolando um boato em sites especializados e nos bastidores do showbizz que parece ter se concretizado: os sertanejos veteranos Milionário e Marciano teriam se juntado para formar uma nova dupla. Os cantores, que são ícones da música sertaneja nacional, teriam sido colocados juntos em um projeto da FeS, de propriedade de Sorocaba.

O que os dois têm em comum é a morte de seus parceiros: Milionário perdeu José Rico em março deste ano, e João Mineiro, parceiro de Marciano, morreu em 2012 e acabou com as possibilidades de retorno do duo. Milionário ainda cumpre extensa agenda de shows e Marciano estava em carreira solo.

Nenhuma das partes envolvidas confirma os rumores, mas descobriu-se que o nome Milionário e Marciano está registrado em nome da FeS. Parece que em breve os dois estarão cantando juntos Brasil afora.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Com apoio de Romanelli, Norte Pioneiro recebe R$ 4,3 milhões para investimentos em saúde

Os municípios do Norte Pioneiro obtiveram a liberação de R$ 4,3 milhões em investimentos para melhorar e ampliar ações de saúde pública. Os recursos foram confirmados em solenidade no Palácio Iguaçu com a presença do governador Beto Richa, do líder do governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB) e de diversos prefeitos da região.

São recursos para obras em postos de saúde, compra de remédios, manutenção de ambulâncias, atualização dos profissionais da área, vacinação, vigilância sanitária, saúde do trabalhador, além do controle de diversas doenças. O valor corresponde a 13% dos recursos liberados a todo o estado.

Para o deputado Luiz Claudio Romanelli, que articulou parte dos investimentos para a região, os recursos são importantes pois garantem investimentos e e custeio das ações de Vigilância em Saúde que visem melhorar o atendimento em saúde para toda a população.

"São recursos que vêm em boa hora, pois os municípios estão recebendo cada vez menos dinheiro do governo federal, que é a principal fonte arrecadadora. Com esta iniciativa, confirmamos uma boa parceria entre o municípios e o governo do estado que traz benefícios para o atendimento de
toda a população”, disse.

Segundo o líder do governo, recursos em outras áreas devem ser confirmados nos próximos meses. “Essa semana o IBGE mostrou que o Paraná foi o único estado a crescer em abril. Ou seja, fizemos o ajuste fiscal, colocamos a casa em ordem e o Paraná vai sair primeiro desta grave crise que o Brasil
passa. Isto vai se materializar em empregos, obras e melhorias nos serviços públicos”, frisou Romanelli.

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Porque Tuti Bomtempo não vai apoiar a reeleição de Luiz Mestiço

Do Revelia - Na eleição municipal de outubro de 2016, um dos principais protagonistas será o ex-prefeito Michel Angelo Tuti Bomtempo, ao lado da ex-primeira dama Neusa Maria Varella Bomtempo.

O movimento do casal Bomtempo terá peso muito importante na definição do futuro prefeito de Assaí.

Principal cabo eleitoral na disputa de 2012, o atual prefeito Luiz Alberto Mestiço Vicente (PSDB) não deve contar com a força de Tuti Bomtempo na reeleição de 2016.

O projeto de reeleição não deve contar com a mobilização das mulheres, comandada pela então primeira dama Neusa Bomtempo.

Os rumos por quais tem seguido a atual administração acabaram por afastar aqueles grupos políticos, e principalmente eleitores do empresário Tuti Bomtempo.

Principal desgaste se refere à questão da saúde. A Câmara Municipal cassou o mandato do vereador Jorge Torquato Júnior (PTB), que atuava como secretário da Saúde também na gestão de Tuti Bomtempo. Além da perda do mandato parlamentar, a gestão Luiz Alberto demitiu Jorge Torquato Júnior do serviço público municipal. Questões envolvendo saúde e o então Hospital Pró-Vida seguem na Justiça, e podem refletir também na gestão do ex-prefeito Tuti Bomtempo.

Em entrevista à rádio local, o prefeito Luiz Alberto também já insinuou ter havido irregularidades na condução da terceirização do transporte escolar operado até então pelo Transtin, o que envolveria ainda a gestão passada.

Em outras ocasiões, o atual prefeito também citou possíveis irregularidades na aplicação de recursos da Funasa (Fundação Nacional da Saúde) voltados à implantação de módulos sanitários. Segundo ele, a gestão passada não teria realizado totalmente a obra conforme convênio assinado com o governo federal.

Tais ocorrências têm afastado eleitores de Tuti Bomtempo do grupo político do prefeito Luiz Alberto.

Por isso, ainda que haja apoio formal dos Bomtempo ao projeto de reeleição do tucano Luiz Alberto, a transferência de votos será bem inferior comparado ao pleito de 2012.

Do lado das oposições, envolvendo a atual conjuntura, o empresário Juan da Veipa (PSC) sinaliza que poderia sair candidato a vice-prefeito em chapa encabeçada por Neusa Bomtempo. A exemplo da disputa de 2012, o PSC acredita que possa eleger pelo menos três candidatos. O partido imagina que poderia chegar a cinco cadeiras, com a adesão do PMDB e PTB, dos Bomtempo, que tem ainda os vereadores eleitos Antônio Menegildo Gavião Manoel e Amarildo Aparecido Correia.

Em uma terceira via, o pré-candidato a prefeito Mattheus Hermanny acredita que seu partido possa conquistar duas a três cadeiras no Poder Legislativo local.

Falta ainda a definição se a eleição de 2016 terá 9 ou 11 vagas em disputa, conforme projeto em pauta a ser votado em breve pela Câmara Municipal.

Enquanto isso, todos estão curiosos por saber em qual direção seguirá o apoio de Neusa e Tuti Bomtempo – ou se também um deles será candidato a prefeito de Assaí.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Termina a greve dos professores do Paraná

Terminou, enfim, a greve dos professores estaduais do Paraná. A assembleia dos professores aconteceu de manhã no Estádio da Vila Capanema, em Curitiba. Os profissionais aceitaram a proposta de reajuste de 3,5% em outubro e 8,5% em janeiro de 2016. As perdas inflacionárias de 2016 devem ser pagas em janeiro de 2017 – quando os servidores também ganham um adicional de 1%. A proposta prevê ainda a reposição da inflação de janeiro a abril de 2017 em 1.º de maio daquele ano – quando a data-base do funcionalismo estadual voltaria a ser em maio.

Marcel Micheletto é eleito presidente da AMP

Edimar Santos com o novo presidente da AMP, Marcel Micheletto
Com 116 votos, Marcel Micheletto (PMDB), prefeito de Assis Chateaubriand, foi eleito presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) nesta segunda-feira (8). Micheletto derrotou Luiz Sorvos (PDT), prefeito de Nova Olímpia, que conseguiu 61 votos. A eleição foi realizada na sede da AMP em Curitiba.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Deputados e sindicatos chegam a acordo para proposta de reajuste

Deputados e sindicatos chegam a acordo para proposta de reajuste

Proposta segue para aprovação nas assembleias das categorias 

Uma reunião na tarde desta quarta-feira (3) entre deputados e representantes dos servidores públicos definiu um acordo para o projeto que deve reajustar os salários do funcionalismo paranaense. Agora, a proposta deve ser levada aos servidores que têm de aprová-la nas assembleias das categorias. 

Esta proposta prevê um acordo que dura três anos. O primeiro reajuste será de 3,45% e deve ser concedido, em parcela única, no mês de outubro. Em janeiro de 2016 o aumento será de 8,5%. Já em janeiro de 2017 está mercado outro reajuste, a ser definido pelo IPCA e mais 1% de ganho real. A data base sofreria alteração apenas no ano de 2016, quando seria antecipada para janeiro e o próximo reajuste em relação a revisão, será em maio de 2018.

O líder do governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), frisou que a proposta é fruto de um amplo debate. “O diálogo prevaleceu. Chegamos a um consenso que garante que os servidores não tenham nenhuma perda, tendo inclusive aumento real, e também que os resultados do ajuste fiscal do governo sejam mantidos, garantindo recursos para investimentos e melhorias”, disse Romanelli. 

Ainda de acordo com o parlamentar, o ajuste fiscal e as reformas administrativas promovidas pelo governo do estado, o fim do ano passado deverão garantir os aumentos. “Nós tomamos medidas duras e impopulares, é verdade. Mas graças a elas teremos receita para pagar as despesas que temos, principalmente a com o pessoal, que é a principal despesa que o Estado tem”, completou. 

Segundo o professor Hermes Leão, presidente da APP Sindicato, a proposta será levada para os servidores. A princípio a assembleia da categoria estava marcada para a próxima terça-feira(09), mas a data deverá ser confirmada pelo comando de greve ainda hoje.
 




Abaixo, a entrevista do deputado Luiz Claudio Romanelli logo após a reunião com os sindicatos.


O que consiste esta proposta que foi passada para os servidores?

Romanelli: Ela consiste no amplo diálogo na Assembleia Legislativa, com a bancada de apoio ao governo e com a bancada da oposição. Ao mesmo tempo, foi negociada com o Fórum das Entidades Sindicais e com a APP Sindicato. É uma proposta que estabelece uma regra por três anos, com um acordo que trata da revisão anual dos salários dos servidores público. Uma solução até 2018, com uma regra clara, sem nenhuma condicionalidade que estabelece o IPCA como índice que corrige os salários e com datas diferenciadas. Mantém a data base no mês de maio, com excessão no ano de 2016 quando ela é antecipada para o mês de janeiro.

Então nós aplicaremos em outubr os 3,45% que são relativos à inflação medida pelo IPCA entre os meses de maio e dezembro de 2014. Já em janeiro de 2016, nós aplicaremos o IPCA que de toda a inflaçãode 2015, que será de aproximadamente 8,5%. E em janeiro de 2017 se aplica e se paga toda a inflação de 2016 pelo IPCA. Em maio de 2017 se aplica uma correção, mais uma vez, dos salários com base do IPCA do primeiro quadrimestre, ou seja, de janeiro a abril. E o próximo reajuste em relação a esta revisão, será em maio de 2018. 

Além disso, será aplicado na data dase do dia 1º de janeiro de 2017um ponto percentual de ganho real, relativo à cobertura das perdas financeiras desses meses do ano de 2015. Esta proposta garante plena correção dos salário dos servidores e nenhuma perda financeira. Ela pode dar a solução as greves que estão em andamento no Estado e é a forma de tentar pacificar os ânimos e fazermos com que o Estado volte a normalidade.

Há possibilidade mais um reajuste em maio de 2016? 

Não. Foi uma discussão sobre a proposta de número dois que não foi validada pelo governo. A proposta que foi acatada é esta final e é a que nós entregaremos formalmente pela Alep. Eu, como líder do governo, e o presidente da Casa, Ademar Traiano, em nome do governo, tratando diretamente com as entidades representativas dos servidores para que nós possamos concluir este processo. Ela foi construída a partir de um amplo consenso dentro da Alep. Com apoio tanto da bancada de apoio ao governo, quanto da bancada da oposição. Então, majoritariamente há apoiamento. Estamos construindo um consenso para poder sair desta greve. 

O governo disse que não pode pagar este ano os 8,17% da reposição da inflação porque não há dinheiro em caixa. Há alguma garantia de que nos próximos anos 2016, 2017 e 2018 haverá dinheiro para pagar esta reposição? 

Há garantia de que o governo irá pagar os professore sim. Nós tomamos medidas duras e impopulares, é verdade. Mas graças a elas teremos receita para pagar as despesas que temos, principalmente a com o pessoal, que é a principal despesa que o Estado tem. Além desta revisão, nós temos outros questões. O pagamento e implantação das promoções e progressões, pagamento dos atrasados de agosto como um todo, percentual diretamente para as universidades, etc. Estas políticas todas continuarão em execução. Estamos tratando aqui hoje de resolver uma questão de grande tencionamento que é a data base. E foi por isso que o governo teve que fazer um ajuste fiscal. O ajuste fiscal se justifica para podermos fazer com que sejamos o único Estado da federação que tem um política salarial de três anos para garantir segurança jurídica para ser servidores, estabilidade e ao mesmo tempo que estas relações possam tomar o caminho sempre do diálogo. 

Os professores também pedem a retirada do artigo sexto. Ontem o senhor já adiantou que este artigo será retirado, mas os professores também pedem que não haja nenhuma punição (desconto de salários) a todos que estavam em greve.

A proposta é para dar uma solução negociada ao processo. O artigo sexto efetivamente será retirado, ele tratava da questão do piso salarial do magistério e não será tratado nesta proposta, pois ela é uma outra pauta específica com os sindicato da categoria que é a APP Sindicato. Em relação às punições serão construídas em uma mesa de negociação. O que nós pretendemos é que esta greve possa, de fato, ter fim. Que a categoria possa convocar uma assembleia, se possível no sábado, para que já na segunda-feira as escolas do Paraná possam voltar à normalidade e reiniciar o ano letivo. É a última proposta. É uma tentativa que eu espero que toda a categoria profissional posso acatá-la e que possamos seguir na normalidade da administração pública do Paraná. 


 

Liderança do Governo - Assembleia Legislativa do Paraná
Deputado Luiz Claudio Romanelli
imprensaromanelli@gmail.com
(41) 3350-4313 | (41) 9626-4933
Facebook
Twitter
YouTube
Website
Email

sábado, 16 de maio de 2015

Juan da Veipa descarta união com prefeito Luiz Alberto

Matheus, Edimar Santos e Juan da Veipa

Em viagem pela Europa, o empresário Juan da Veipa (PSC) descartou qualquer possibilidade de união com o prefeito Luiz Alberto Vicente (PSDB) para as eleições de 2016.

Segundo Juan, a proposta é a união das oposições para lançamento de um nome de consenso para enfrentar justamente a reeleição do tucano Luiz Mestiço.

Daquele grupo podem ser candidatos a prefeito: o ex-prefeito Tuti Bomtempo, a ex-primeira-dama Neusa Maria Varella Bomtempo, o empresário Juan da Veipa e o editor do site Revelia, Mattheus Hermanny.

Declarações de Juan da Veipa feitas na manhã desta segunda-feira (11) descartam também afirmação do blog Sol Nascente e do Jornal Metropolitano, da rádio Studio FM, de que o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ratinho Júnior, "sugeriu aproximação do prefeito Luiz Mestiço com o empresário Juan da Veipa (PSC) em uma dobradinha em Assaí para as eleições 2016".

Ainda segundo o blog Sol Nascente, "tudo pode acontecer já que Dr. Mário Sato, atual vice-prefeito, já manifestou decisão de não mais concorrer a cargo público ano que vem. Ficando só no apoio político a Luiz Mestiço".

No entanto, tal hipótese já foi descartada pessoalmente pelo empresário Juan da Veipa.
 
fonte: Revelia
Ocorreu um erro neste gadget