Fan Page | Edimar Santos

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Pessuti participa de cerimônia em homenagem ao presidente da CBF


O governador Orlando Pessuti participou na noite desta terça-feira (25), na Câmara Municipal de Curitiba, da cerimônia em homenagem ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. Teixeira recebeu o título de “Cidadão Honorário de Curitiba”. O autor da proposta foi o vereador Mario Celso Cunha. “A homenagem reconhece na figura do presidente da CBF alguém que contribuiu para que Curitiba conquistasse o direito de sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014”, destacou o governador. “Teixeira foi nosso parceiro, ajudou o estado, e por isso é uma homenagem mais do que justa. Nós, em reconhecimento a tudo que representa o futebol para os brasileiros, estamos trabalhando unidos para que possamos estruturar a nossa cidade para que estejamos prontos para sediar a Copa das Federações de 2013 e para sermos a melhor sede da Copa do Mundo de 2014”, disse Pessuti. O governador citou como prioridade do governo para a sediar a Copa 2014 investimentos em transporte, turismo e na melhoria de aeroportos. “Vamos construir 24 quilômetros de anel rodoviário que melhorará o fluxo de veículos central, obras do eixo metropolitano, duplicação da BR-277 (trecho de Foz do Iguaçu até entrada do Parque Nacional do Iguaçu), faremos melhorias nos aeroportos de Cascavel, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa e também há previsão da construção de um píer em Paranaguá”, relacionou. De acordo com o governador, os investimentos em segurança também terão prioridade. “A partir da semana que vem vamos incorporar 1.300 novos policiais militares, 400 bombeiros, 500 policiais civis, 18 médicos e 16 novos delegados da polícia civil, para que possamos dar a Curitiba uma condição melhor de segurança. O governo também cedeu um helicóptero para a segurança publica. Iremos criar um novo batalhão para atender eventos e um batalhão na região norte de Curitiba”, explicou. O presidente da CBF disse que se Curitiba recebeu o direito de ser uma das cidades sedes da Copa do Mundo 2014 foi pelos seus méritos. “É uma capital organizada, exemplar. A cidade não foi escolhida à toa. A vinda da seleção brasileira para o Paraná também é resultado de seus méritos. Aqui encontramos toda a estrutura necessária para treinamentos e exames para os nossos jogadores”, disse Ricardo Teixeira. O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, ressaltou a importância da integração entre os governos estadual e municipal. “Temos uma parceira muito forte com o governador Orlando Pessuti, e isso possibilitou todas estas conquistas. A idéia agora é trabalhar para viabilizar uma cidade-modelo para a Copa de 2014. Vamos trabalhar juntos para dar acessibilidade, conforto e segurança a nossa população”, afirmou. O vereador Mario Celso Cunha, autor da homenagem, lembrou que este mineiro do interior (Ricardo Teixeira) chegou à CBF e encontrou uma confederação falida. “Durante a gestão dele, consolidou o Brasil como o país do futebol. Com ele, o Brasil ganhou 11 mundiais. Teixeira foi decisivo para trazer a seleção do Brasil para concentração em Curitiba, antes da Copa do Mundo deste ano e na indicação de Curitiba como uma das doze cidades-sedes brasileiras para a Copa de 2014”, afirmou. Também participaram do evento o secretário do Comitê Executivo para a Copa 2014, Wilson Portes, o secretário estadual da Comunicação Social, Ricardo Cansian Neto, o presidente Clube Atlético Paranaense, Marcos Malucelli, o vice-presidente do Paraná Clube, Roberto Inça, o presidente do Coritiba, Jair Cirino, além de vereadores, deputados estaduais e lideranças civis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget