Fan Page | Edimar Santos

terça-feira, 4 de maio de 2010

Timão x Flamengo terá recorde de arrecadação

ESTÁDIO DR PAULO MACHADO DE CARVALHO - O PACAEMBÚ
O planejamento da diretoria em relação à Libertadores vai além do título. Arrecadar altas cifras com a bilheteria também faz parte da lista de objetivos do Timão na competição. Com a majoração no valor dos ingressos, que custam entre R$ 55 e R$ 650 na fase de oitavas de final, e a aceitação dos torcedores, o clube vê tal meta como alcançada.


O jogo contra o Flamengo será uma prova disso. A expectativa do presidente Andrés Sanchez e do departamento de marketing do clube é a de que, amanhã à noite, quase R$ 3 milhões sejam arrecadados com a venda dos cerca de 35 mil ingressos colocados à disposição. Será a maior arrecadação de um clube brasileiro nos últimos anos. Domingo, no mesmo Pacaembu, Santos x Santo André deu R$ 2,3 mi.


– Temos um cálculo de que, com 30 mil, podemos chegar aos R$ 2,6 milhões – afirmou Caio Campos, gerente de marketing, durante a passagem pelo Rio de Janeiro.
Mas o valor será maior. Até porque, até o fim da tarde de ontem, os bilhetes para o setor de numerada, ao custo de R$ 350 cada, que seriam disponibilizados até amanhã em oito pontos de renda já não existem mais. Arquibancada verde e amarela, tobogã, arquibancada especial laranja e VIP estão esgotados – setor visitante, destinado aos cariocas, está 100% vendido.
Nos três jogos da primeira fase, o clube obteve uma renda bruta de R$ 6.035.612,00. Só na estreia, contra o Racing (URU), a renda chegou a R$ 2.181.742,00. O público foi de 31.035 pagantes no Pacaembu.


Vale ressaltar que, apesar da intensa busca pelos ingressos, não houve qualquer confusão. Filas e sofrimento, como ocorreu no Rio de Janeiro, na venda dos bilhetes para os flamenguistas, não aconteceram em São Paulo. A explicação: 74,28% dos ingressos foram comprados pela internet, com antecedência, por meio do programa de sócios-torcedores do Timão.
Dos quase 70 mil sócios-torcedores, cerca de 50 mil estão em dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget