Fan Page | Edimar Santos

domingo, 11 de agosto de 2013

Romanelli e Alex na Frente Parlamentar Regional da Saúde

Lideranças políticas de Cornélio Procópio fizeram o pré-lançamento, na tarde desta sexta-feira, dia 9, da Frente Parlamentar Regional da Saúde (FPRS). O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, que participou do lançamento, é um dos integrantes da organização. A iniciativa é do chefe da 18ª Regional de Saúde e ex-prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos.

Segundo ele, a FPRS será integrada por vereadores,prefeitosvice-prefeitossindicato de Saúde, Conselhos Municipais de Saúde e Regional de Saúde. “A FPRS terá sua atuação unificada em função de interesses comuns, tendo como base a proposta multidisciplinar na busca de alternativas e soluções que vão unir sociedade civil e poder público em todas as suas esferas, para resolver problemas pontuais à saúde pública”, explica.

Romanelli destacou que a área da Saúde é o maior desafio dos gestores municipais e que é importante a união de todos para a melhoria do setor. “Nós temos uma tarefa enorme pela frente. A criação desta frente é um ato de defesa em favor dos interesses do cidadão. A área da Saúde é o setor que apresenta problemas em todo o País, pois 70% da população brasileira depende exclusivamente dos serviços públicos de saúde. Por isso, estamos unidos nesta questão que é fundamental para o bom desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida da população”, comenta.

Frente Parlamentar Regional da Saúde tem como prioridades o acompanhamento e fiscalização das obras de conclusão do Hospital Regional de Cornélio Procópio, que está com 35% das obras de construção concluídas. Também é meta a criação de micropolos em saúde, que funcionarão como base para atendimentos mais emergenciais de cidades menores mais próximas.

Edimar Santos acrescenta também que a FPRS prevê ações para enfrentamento de questões como falta de atendimento e luta em favor de humanização e maioreficiência nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Ele esclarece que a proposta é formar um movimento político organizado para regulamentação daEmenda 29 “Essa Emenda vai acabar com os desvios de recursos do setor, definindo em quais ações e serviços de saúde a União poderá gastar o equivalente a 10% de suas receitas correntes brutas, o que proporcionará ao Ministério da Saúde mais R$ 29,6 bilhões para enfrentar a crise do setor”, observa.
Além disso, a FPRS também está inserida na luta pela instalação do curso de Medicina na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Romanelli já iniciou a abertura de diálogo com o Estado a fim de sedebater o assunto com a comunidade regional e iniciar os estudos para a implantação do curso.

Hospital Regional — Romanelli e o deputado federal Alex Canziani, que também integra a FPRS, visitaram o canteiro de obras do Hospital Regional de Cornélio Procópio e conferiram de perto o andamento dos serviços. A primeira fase da obra do Hospital Regional, avaliada em R$ 15 milhões, corre o risco de ser paralisada depois de pouco mais de 30% de sua execução.

A empreiteira responsável pela construção da estrutura física da obra, ameaçou paralisar a construção se a prefeitura não acrescentar mais R$ 1,milhãao projeto inicial, aprovado pelo Governo Federal. Para Romanelli, a implantação do Hospital Regional deve melhorar muito o atendimento a pacientes de municípios da região, principalmente no que se refere à média complexidade.
Esta é uma luta à qual estamos inseridos, porque acreditamos que os investimento em Saúde, tanto pela implantação do Hospital Regional quanto pela instalação do curso de Medicina vão garantir o desenvolvimento regional e facilitar o acesso da população aos serviços médicos de saúde, com mais qualidade, agilidade e segurança”, finaliza o deputado estadual e secretário do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget