Fan Page | Edimar Santos

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Romanelli afirma que trabalhador qualificado é mais valorizado

O secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e deputado estadual Luiz Claudio Romanelli destacou, na noite desta quinta-feira, 21, em São Sebastião da Amoreira, no Norte do Paraná, a importância da qualificação profissional para a melhoria de emprego e renda do trabalhador paranaense. Segundo ele, o trabalhador qualificado é muito mais valorizado no mercado de trabalho pelo conhecimento adquirido em sala de aula e na prática da atividade profissional.


Romanelli participou da entrega de certificados de curso de qualificação profissional do programa Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã a 42 jovens trabalhadores de São Sebastião da Amoreira. Eles se qualificaram nos eixos ocupacionais de Serviços Pessoais, Auxiliar Administrativo e Metalmecânica.
“O trabalhador, para se qualificar, tem de ter muito empenho e disciplina para concluir os estudos iniciados visando sua qualificação profissional. O estudo faz uma enorme diferença na vida da pessoa. Quanto mais se estuda, maior é a probabilidade de receber um salário melhor. E está comprovado, quem conclui o Ensino Médio com Curso Técnico, ganha 24% a mais que aquele que não recebeu nenhuma qualificação”, diz o secretário do Trabalho.


O prefeito de São Sebastião da Amoreira, Luiz Fernandes ressaltou o compromisso e a parceria do Estado com a formação de mão de obra qualificada em todo o Paraná. “O Governo do Paraná, por meio da Secretaria do Trabalho, tem dado todo o apoio necessário para que os cursos de qualificação profissional sejam aplicados em São Sebastião da Amoreira. E muitos de vocês têm nesses cursos a possibilidade de ingressar no primeiro emprego. Tenho certeza de que a Secretaria do Trabalho ainda vai nos ajudar muito a qualificar os nossos jovens trabalhadores para o mercado de trabalho”, estima o prefeito.


Satisfação — A autônoma Ligia de Matos Pereira, 24 anos, foi uma dos 42 trabalhadores qualificados pelo Projovem Trabalhador em São Sebastião da Amoreira. Ela frequentou o curso de Serviços Pessoais e está mais bem preparada para o mercado de trabalho. Ligia disse que optou pelo curso por já trabalhar na área e necessitar de ampliar o aprendizado para melhorar o atendimento. “É preciso ter muita força de vontade. Eu atendo as amigas em casa, mas o curso me deu uma nova perspectiva. Quando se tem um sonho, deve-se correr atrás dele. Hoje tenho muito mais clientes do que tinha antes de fazer o curso”, comemora.


Walisson Rodolfo Dionízio da Silva, 25, capacitado na área de Metalmecânica já atua no segmento, mas com a qualificação recebida pelo programa Projovem Trabalhador, ampliou em mais de 30% a renda obtida com a profissão. “Recebi propostas para trabalho e até de viagens por causa da minha profissão. O curso é excelente e ajudou muito a melhorar o meu desempenho profissional”, garante.
Já a estudante Bruna Evans Mendes Monteiro, 26, agora qualificada como Auxiliar Administrativa, está desempregada e aguarda a inserção no mercado de trabalho. Ela já trabalhou no setor de metalurgia e está na expectativa de iniciar uma nova carreira profissional. “É uma atividade que eu gosto de trabalhar. O curso é muito bom, gratuito e me dá condições de disputar o mercado de trabalho com mais preparo e competência”, conclui a estudante.


Projovem — O Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã é um programa do Governo Federal, realizado em parceria com o Governo do Paraná, que visa à qualificação de jovens entre 18 e 29 anos, qualificando-o para o mercado de trabalho. A carga horária exigida para o curso é de 350 horas, das quais 100 horas são destinadas à qualificação social, onde são abordados questões de Ética e Cidadania, Educação Ambiental, Noções de Direitos Trabalhistas e Qualidade de Vida. As outras 250 horas são dedicadas à teoria e prática da qualificação profissional.


Fonte: Assessor VALDIR AMARAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget