Fan Page | Edimar Santos

domingo, 11 de janeiro de 2015

Saúde oferece exames gratuitos e serviço de ouvidoria na praia

Já estão em funcionamento os dois hospitais de campanha do Governo do Estado nas praias de Guaratuba e Matinhos. Os espaços oferecem testes rápidos para o diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites B e C, além de aferição de pressão e controle de glicemia. A população ainda terá à disposição o serviço de ouvidoria, que receberá sugestões, pedidos de informações, denúncias e reclamações sobre o SUS no Litoral.

De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, a iniciativa leva diversos serviços de saúde para a beira da praia, facilitando o acesso da população. "É uma estratégia que deu certo nos anos anteriores e estamos ampliando nesta Operação Verão. Todos os exames são gratuitos e seguirão sendo realizados até o feriado de carnaval, sempre de quinta a domingo", destacou.

As estruturas foram montadas nos calçadões da praia Central de Guaratuba e na praia de Caiobá, em Matinhos. Em cada unidade deverão ser atendidas mais de 100 pessoas diariamente. O horário de funcionamento é das 9h às 17h.

Exames

A possibilidade de realizar os exames no calçadão da praia foi o que motivou o funcionário público de Curitiba, Pablo Gomes Biernarski, a buscar atendimento no hospital de campanha em Matinhos. "É bem mais fácil vir aqui. Se precisasse ir a uma unidade de saúde só para fazer o teste, certamente pensaria duas vezes", explicou.

Em dezembro, a Secretaria Estadual da Saúde desenvolveu uma ação para ofertar testes rápidos em Matinhos durante três dias. Neste período, foram realizados 103 testes, com a detecção de cinco casos positivos de sífilis, um de hepatite B, um de hepatite C e outro de HIV.

"São dados alarmantes que mostram que essas doenças estão circulando no Paraná. A intenção dos testes rápidos é justamente buscar o diagnóstico precoce, permitindo que a pessoa também seja tratada o mais cedo possível", ressalta o superintendente.

Quem também procurou atendimento na unidade de Guaratuba foi o motorista José Rubens Pontarollo, que está trabalhando no Litoral durante a temporada de verão. Ele afirma que sentiu uma pequena tontura e logo foi verificar como estava a sua pressão arterial. "A gente fica mais tranquilo sabendo que tem esse tipo de atendimento aqui. É bom principalmente por causa desse sol e calor que tem feito nos últimos dias", afirma.

Ouvidoria

A estrutura dos hospitais de campanha conta ainda com a urna da ouvidoria itinerante do SUS. O objetivo é estabelecer um canal de comunicação entre o usuário e o gestor da rede pública de saúde. Todas as manifestações realizadas são apuradas e respondidas em tempo hábil ao cidadão, conforme sua classificação. Além do atendimento presencial nas tendas, o serviço também está disponível pelo telefone 0800 644 4414.

Exposição

A novidade deste ano fica por conta da exposição de animais peçonhentos do Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (CPPI) da Secretaria da Saúde. O acervo apresentado inclui cobras/serpentes, aranhas e escorpiões comuns no Litoral e em outras regiões do Estado.

Para o estudante Geovane Luiz Costacurta, que passa férias no Litoral, a exposição é importante para que as pessoas conheçam as espécies e saibam o que fazer ao encontrar esses animais na natureza. "É interessante ver de perto como são, como se comportam e quais espécies devemos ter mais cuidado por causa do veneno", disse.

Água-viva

Nesta época do ano, um dos animais peçonhentos que mais preocupam são as águas-vivas. Desde o início da Operação Verão, 1.258 casos de acidentes com águas-vivas já foram registrados pelo Corpo de Bombeiros. A maioria ocorreu em balneários de Matinhos (568) e Pontal do Paraná (563).

A orientação é que os banhistas se informem sobre a situação do mar antes de entrar na água e evitem locais sem a presença de guarda-vidas. Em caso de acidente, o banhista deve sair do mar e procurar um posto do Corpo de Bombeiros imediatamente.

A forma mais eficaz de aliviar a dor é aplicar água do mar e solução de vinagre no local, o que neutraliza a ação do veneno do animal.

Novo carro

Nessa quinta-feira (8), a frota da Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá recebeu mais um reforço do Governo do Estado. As equipes de saúde da área de vigilância em saúde terão à disposição um novo veículo de transporte para uso em ações de campo.

O carro foi adquirido com recursos do programa VigiaSUS, voltado à qualificação das ações de vigilância em saúde de todo o Paraná. Desde 2013, mais de 300 veículos já foram comprados pelos municípios através do programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget