Fan Page | Edimar Santos

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Dia D+1 de mobilização contra dengue e chikungunya

Neste sábado (07) acontece em todo o país o Dia D+1 de combate à dengue e à febre chikungunya. Gestores de todo Brasil foram convocados para realizar mobilização popular, mutirões de limpeza urbana e atividades para alertar os profissionais da área ao diagnóstico correto das doenças. Como cerca de 80% dos criadouros estão nas residências, o papel de cada família, para verificar e eliminar possíveis locais que acumulam água será reforçado nesse dia. Em dezembro de 2014, o Brasil foi mobilizado em um Dia D contra a dengue e a febre chikungunya.

As notificações de casos de dengue cresceram 49% em janeiro, em relação a 2014 e, neste mês de fevereiro, mais uma ação nacional busca conscientizar a população da necessidade de combater os criadouros do mosquito Aedes Aegypti. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, também participa neste sábado do Dia D+1 no município de Valparaíso, em Goiás. Durante a ação, realizada no bairro Jardim Céu Azul, haverá uma inspeção domiciliar em residências da comunidade para verificar a presença de possíveis criadouros de mosquito. O objetivo é sejam realizados mutirões de limpeza urbana e atividades para alertar os profissionais de saúde ao diagnóstico correto das doenças.

LIRAa

O Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor. A pesquisa é considerada um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue, o que possibilita aos gestores locais de saúde anteciparem as ações de prevenção. Além de ajudar os secretários municipais de saúde a identificar os bairros em que há mais focos de reprodução do mosquito, o LIRAa também aponta o perfil destes criadouros. Os focos podem estar em formas de armazenamento de água, em espaços em que o lixo não está sendo manejado adequadamente e em depósitos domiciliares.

A Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) está realizando desde janeiro o levantamento em todo Brasil, e pede a colaboração dos gestores de saúde para realização do teste nos municípios. Informações adicionais sobre o LIRAa podem ser obtidas pelo telefone 61- 3315-3003 ou pelo email dengue@saude.go.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget