Fan Page | Edimar Santos

terça-feira, 7 de julho de 2015

Romanelli e lideranças solicitam duplicação da BR-369 ao governador Beto Richa

O pontapé do Movimento Pela Duplicação da BR-369 foi dado com audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta segunda-feira, (06). O evento, realizado por solicitação do deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), reuniu lideranças e representantes do Norte Pioneiro paranaense que pedem a duplicação da rodovia que liga o Norte e o Norte Pioneiro do Paraná ao estado de São Paulo.

Também houve uma reunião com o governador Beto Richa sobre o tema. “Estamos fazendo uma reinvindicação que é fundamental para o desenvolvimento da nossa região. Não é à toa que a sociedade civil organizada, apoiada pelo poder público, traduz há tempos esta reinvindicação”, disse Romanelli.

Devido um aditivo no contrato assinado em 2000, a duplicação da rodovia, que era para ter sido iniciada em 2002, foi prorrogada pela concessionária Econorte para começar apenas em 2021. “A intenção agora é antecipar a obra para 2016”, completou o deputado. Pelo contrato, a obra está orçada em R$ 86 milhões e prevê a duplicação do trecho mais crítico de Jataizinho a Cornélio Procópio e construção de terceiras faixas até Ourinhos em São Paulo.

“É uma obra que todos nós entendemos como fundamental para o desenvolvimento da região. A intenção é antecipar as obras para que comecem a partir de 2016 e não próximo a 2021, quando os contratos de pedágio estarão finalizados”, frisou o deputado Romanelli.

O governador Beto Richa disse que a antecipação da duplicação será prioridade para o governo estadual. “Não há mais tempo para esperar a duplicação dessa rodovia, que tem papel fundamental para toda região”, disse o governador. “Vamos chamar a concessionária de pedágio e, com diálogo, fazer prevalecer o interesse público”, afirmou.

Para a prefeita Clea Marcia Bernardes, presidente da Associação dos Municípios do Norte do Paraná, a duplicação é um direito da população. “Estamos começando um movimento suprapartidário e que une toda a sociedade para ter uma posição sobre este que é um direito da população do Norte e Norte Pioneiro”, disse a prefeita.

Importância - O presidente da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Jair Machado, um dos idealizadores da mobilização, afirmou que a duplicação já deveria ter sido realizada há mais de 20 anos. “Não podemos esperar mais. Precisamos do apoio de todos para antecipar essa importante obra que mudará o cenário econômico da região Norte”, disse.

“Muitas vidas estão sendo perdidas e nós não temos o desenvolvimento necessário devido à falta da duplicação da BR-369. Os produtores têm dificuldades para o escoamento para os portos de Santos e Paranaguá e o frete encarece o custo de produção”, analisou.

O Movimento Pela Duplicação da BR-369 conta com o apoio de entidades como a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunip), Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), Associação Comercial e Industrial de Cornélio Procópio, além de lideranças políticas, religiosas e empresariais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget